domingo, maio 19, 2024

Polícia Militar do Amazonas recupera veículos e prende homem por roubo

0
Compartilhamentos
0
Visualizações


19 de abr de 2024 | 08:25

Em uma das ocorrências, o suspeito solicitou corrida de aplicativo e realizou assalto do veículo. Foto: (Divulgação/ PMAM)

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e Serviço Extra Gratificado (SEG), em ocorrências diferentes, recuperou dois veículos e prendeu um homem pelo crime de furto.

Na madrugada de quinta-feira (17/04), a equipe policial da 22ª Cicom foi acionada, via Centro de Comunicações Operacionais da Polícia Militar (Cecopom), após denúncia da vítima, um motorista de aplicativo, de 22 anos, que relatou ter tido a motocicleta roubada após ter recebido solicitação de corrida de um suposto cliente, nas proximidades do Terminal 4, na zona leste. Ao encontrar o suspeito, a vítima foi rendida com o uso de arma branca.

Os PM’s conseguiram localizar o suspeito com a motocicleta Honda CG Fan 160, placa PHJ 0850, de cor preta, próximo a um posto de combustível, na avenida Darcy Vargas, bairro Chapada, zona centro-sul. Onde foi abordado e preso. O caso foi encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Carro recuperado

Na tarde de quarta-feira (17/04), policiais militares do Serviço Extra Gratificado (SEG), durante patrulhamento pela avenida Tefé, recuperaram um carro com restrição de furto, no bairro Japiim I, zona sul de Manaus.

Os PM’s foram informados pela população que havia um veículo abandonado há cinco dias, naquela região. Já no local informado, após consulta da placa JWQ 1528, pelo Centro de Comunicações Operacionais Policiais Militares (Cecopom), constatou-se a restrição de furto do veículo, que foi levado à Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV).

DenúnciaA Polícia Militar do Amazonas orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque denúncia 181 ou pelo 190. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

  

VejaNotícias