sexta-feira, julho 19, 2024

Após denúncias, Polícia Civil e GCM prendem mulher com 6,8 quilos de skunk no porto de Maraã

0
Compartilhamentos
1
Visualizações

24 de jun de 2024 | 08:45

A droga seria comercializada na região de Tefé. Foto: (Divulgação/PC-AM.)

Policiais civis da 60ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Maraã, em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM), prenderam em flagrante, na quinta-feira (20/06), Rosimar Moreira de Oliveira, de 35 anos, com 6,8 quilos de maconha tipo skunk. A prisão ocorreu após denúncias anônimas, no Porto Fluvial do município.

O delegado Rodrigo Beraldo, da 60ª DIP, relatou que as diligências começaram após o recebimento de denúncias anônimas que informavam sobre a mulher que transportava o entorpecente.

“Nos dirigimos até o porto e abordamos a mulher. Com ela, encontramos 6,8 quilos de maconha tipo skunk. A suspeita estava vindo do município de Japurá e a droga seria vendida na região de Tefé”, explicou o delegado.

Rosimar Moreira de Oliveira foi conduzida à 60ª DIP, onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e ficará à disposição da Justiça.

VejaNotícias