sábado, junho 15, 2024

Copa do Brasil: SSP-AM não registra ocorrências durante Amazonas FC e Flamengo na Arena da Amazônia

0
Compartilhamentos
1
Visualizações


23 de maio de 2024 | 12:53

A operação contou com a ativação do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC-L) cerca de cinco horas antes do início da partida (Foto: Divulgação SSP-AM)

As Forças de Segurança do Amazonas não registraram nenhuma ocorrência de grande vulto durante a partida entre Amazonas FC e Flamengo, válida pela terceira fase da Copa do Brasil, realizada nesta quarta-feira (22/05) na Arena da Amazônia.

A operação Integrada foi coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e foi ativada na arena horas antes da partida.

Todo o monitoramento contou com a presença de agentes dos órgãos que compõem o colegiado da SSP-AM, através do Centro de Comando e Controle Local (CICC-L).

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), mesmo com a Delegacia Móvel instalada nas dependências da Arena da Amazônia, nenhum Boletim de Ocorrência (BO) foi registrada.

Para o coordenador de Departamento de Planejamento Integrado da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, major William Gomes, a operação foi encerrada com um resultado positivo. “Não tivemos nenhuma situação adversa e esse eu o resultado da integração entre os órgãos que sempre buscam para o evento ocorra da melhor maneira possível”, afirmou o coordenador.

Órgãos empenhados

Além de servidores da SSP-AM, o efetivo integra o CICC-L, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM), Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Conselho Tutelar, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), de Assistência Social (Seas), Secretaria Municipal de Segurança (Semseg), Fundação de Vigilância Sanitária (FVS), Visa Manaus, Segurança Privada,  Centro de Cooperação da Cidade (CCC),   e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

  

VejaNotícias