segunda-feira, junho 17, 2024

Departamento Aéreo da SSP-AM ensina técnicas para primeira turma de Alunos Soldados da PMAM

0
Compartilhamentos
1
Visualizações


05 de jun de 2024 | 12:40

 Os alunos tiveram noções das técnicas de embarque, desembarque e de rapel. Foto: (Divulgação/SSP-AM)

Policiais do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa), órgão vinculado à Secretaria de Segurança do Amazonas (SSP-AM), receberam, na terça-feira (04/06), a primeira turma de alunos do Curso de Formação para Soldados (CFSD) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). Aos militares foram ministradas técnicas de embarque, desembarque e de rapel, oportunidade para fortalecer o desenvolvimento operacional dos novos agentes da segurança pública.

As técnicas foram repassadas por instrutores do Dioa. Conforme o diretor do Departamento, delegado Rafael Montenegro, a atividade agrega ao currículo dos alunos, além de deixá-los ainda mais preparados em casos de necessidades em campo, quando houver a presença de uma aeronave.

“Hoje, eles estão aprendendo a questão do embarque e desembarque, como proceder com segurança durante essas ações desta natureza, assim, como também noções rapel, na nossa plataforma fixa, tudo isso é para que eles tenham noções de amarrações de nós, de cabos da mesma forma com que a gente trabalha aqui”, destacou o diretor.

O curso contou, ainda, além dos instrutores do Dioa, com a participação do inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Fábio Saroldi. O policial integra a Unidade do Serviço Aéreo Policial da Coordenadoria dos Recursos Especiais (CORE/RJ).

Saroldi, que esteve pela primeira vez no Amazonas, falou sobre a troca de experiência com os militares amazonenses e a oportunidade de transferir seus aprendizados aos militares em formação.

“Estamos fazendo um intercâmbio de troca de experiência. Passei um pouco do que vivemos no nosso dia a dia, recebemos informações daqui, passando um pouco das informações de lá. É uma troca de realidade, uma vez que vivemos em vários Brasis”, descreveu Saroldi.

Para a aluna soldado Nayara Mendes, a experiência será fundamental para sua formação. “Para o aluno é muito satisfatório ter essa experiência, principalmente essa parte de salvamento, de resgate, entender o que Departamento Aéreo desempenha, e como tudo isso agrega à Polícia Militar. É muito satisfatório, é ‘adrenalizante’. Estou muito feliz”, afirmou Mendes.

  

VejaNotícias